07:17:00
0

Turnover é uma expressão em inglês para “Rotatividade de Pessoal”, que é nada mais do que a relação entre as admissões e as demissões dos profissionais. Há inclusive, uma formula clássica para o cálculo do turnover, como segue na imagem abaixo:



Essa postagem de hoje, é baseada em um artigo extraído do site GloboForce, que provê uma série de indicadores super interessantes sobre a área de Recursos Humanos. Essa instituição inclusive, provê uma série de webcasts de alta qualidade, eu mesmo, já participei de um referente a sistemas de Performance Managment, esse, outro assunto que eu gosto bastante, por ter colaborado diretamente na construção de um sistema desse porte.

Abaixo já 12 maneiras para você reduzir o Turnover. Se você é da área de RH, talvez apenas alguns temas te surpreendam, se você é colaborador, analise cada um deles, e tente visualizar se você vive ou viveu isso nas diferentes empresas onde esteve.

Enjoy!

Contrate a pessoa certa. A melhor maneira de garantir que a pessoa não vá deixar a empresa no meio do caminho, e tendo certeza que seu processo de recrutamento e seleção está escolhendo os profissionais certos, e não aqueles disponíveis para o mercado.

Demita aqueles que não se enquadram. Nunca devemos esquecer que “uma laranja podre estraga o resto”. Esses colaboradores podem causar mais danos a sua empresa do que o tempo e dinheiro gasto para substituí-lo.

Mantenha seu programa de salário e benefício atualizado. Garanta que aquilo que você está pagando a seu colaborador está no mínimo na média do mercado e vai de acordo as funções que ele está exercendo. Parece algo estúpido de se dizer, mas muitas empresa não consegue ver a evolução profissional do colaborador e seguem pagando a ele o que pagavan antes, quando ele tinha outras funções e responsabilidades.

Encoraje a generosidade e gratidão. Quando os profissionais estão em um ambiente sócio responsável, em meio da generosidade e gratidão, eles se mantém mais saudáveis e felizes. Quando você dá ao colaborador essas sensações, a empresa também recebe o mesmo deles, que passam a agir cuidado da empresa como se fossem os donos.

Reconheça e recompense os colaboradores. Mostre a eles que eles são valiosos oferecendo reconhecimentos reais por seus bons resultados. Reconheça com algo real, e não apenas com palavras, e em troca, você receberá lealdade.

Ofereça flexibilidade. Atualmente, todo profissional busca um bom alinhamento entre a vida real e a profissional. Isso tem impacto direto no turnover da empresa. Um estudo da Boston College Center for Work & Family indica que 76% dos gerentes e 80% dos colaboradores indicaram que flexibilidade tem ótimos efeitos na retenção de colaboradores. Isso mostra que se você não está oferecendo flexibilidade no local de trabalho ou horário, eles estão inclinados a deixa-lo.

Preste atenção no engajamento. Isso não se consegue com uma enquete por ano, na realidade é necessário trabalhar e estudar os resultados dos colaboradores e criar uma cultura que promova o engajamento durante todo o ano.

Priorize a felicidade de seus colaboradores. Falta de felicidade indica diretamente falta de satisfação e absentismos. Investir em felicidade melhora o engajamento, produtividade e reduz o absentismo.

Crie oportunidades de desenvolvimento e crescimento. Se você não está desenvolvendo seu profissional, você não está investindo nele. Recentes enquetes realizadas pela Cornerstone survey mostra que oportunidades de desenvolvimento e crescimento profissional estão diretamente ligadas com o alto turnover.

Esclareça seu processo de Performance Managment (PM). Pesquisas indicam que apenas 49% acreditam que o PM seja algo preciso e apenas 47% acham isso motivante. Processos de PM é uma grande passo para melhorar a confiança e fortificar a relação entre os colaboradores.

Providencie uma visão de inclusão. Fornecer ao colaborador um senso claro de que ele é parte de um time, é fator predominante para seu engajamento e felicidade. Oferecer a ele uma séria visão de metas e resultados, aumenta sua sensação de pertencer a algo, e sua lealdade.

Demonstre e cultive o respeito. Parece algo tonto de se dizer, mas o respeito precisa estar acima de tudo. Um estudo realizado pela Globo Force em 2012, demonstrou que a falta de respeito no local de trabalho foi um fator chave nas demissões voluntárias.

Fontes:
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário