06:00:00
0


Será que você já viu essa mensagem aí no computador da sua casa ou de alguma empresa que você já trabalhou?
Você já deve ter escutado que a multa cobrada pela Microsoft é realmente pesada para as empresas que fazem uso não legal de seus produtos, correto?
Pois bem, a Embraer gastou 10 milhões de dólares para abafar o escândalo.
Isso ocorreu em maio de 2012, quando a Microsoft denuncio a fabricante de aviões a Procuradoria Geral de Washington, nos Estados Unidos.
Se elas não chegassem a um comum acordo para resolver esse probleminha, a EMBRAER seria impedida de vender aviões em Washington além de outros 37 estados Norte Americanos.
Segundo o site da folha, a Microsoft solicitou uma auditoria na EMBRAER após ter detectado que mais de 2 computadores usavam uma versão pirada de seus programas.
Reza a lenda, de que quando as empresas são pegas nessa pirataria, elas têm que pagar 10 vezes o valor da licença para cada cópia ilegal encontrada.
Dei uma investigada na lei de Diretos Autorias, e o máximo que vi nesse sentido, foi o que afeta as empresas que reproduzem os programas para piratear, e nesses casos em que não é possível contar quantas cópias ilegais eles fizeram, a empresa é obrigada a pagar o valor de 3.000 exemplares além daqueles que forem apreendidos.  (artigo 102 da lei 9.610/1998).
E aí, o que tem mesmo naqueles CDs sem capas lá escrito a mão no verso?
Se você leitor, conhece um pouco mais sobre essa lei de direitos autorias, deixe seu comentário.
Leia mais postagens sobre: 


Pesquisas e Resultados

Mundo Corporativo

Redes Sociais



Fontes:
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário