06:00:00
0

  • 639.800 Gigas de dados são transferidos
  • 20 roubos de identidade são feitos
  • 204 milhões de emails são enviados
  • 47.000 downloads de aplicativos são feitos
  • 83.000 dolares em vendas on-line na amazon
  • 61.141 horas de músicas são tocadas no pandora
  • 20 milhões de fotos são vistas no flickr
  • 320 novas pessoas entram no twitter
  • 100.000 twitts surgem
  • 277.000 logins são feitos no facebook
  • 6 milhões de visualizações são feitas
  • 30 horas de vídeos são enviados para o youtube
  • 1.3 milhões de vídeos são vistos
  • 6 novos artigos são publicados na wikipedia


A internet é algo realmente incrível não é mesmo?
Números tão grandes assim são possíveis, pois ela conecta o mundo todo, é realmente uma pena que existam países em que o acesso ainda é restrito politicamente, e países como Brasil, cujo qualidade de conexão é realmente lastimável.

Uma vez, no último dia de aula do meu curso de pós de graduação, um professor comentou algo que vou compartilhar com vocês amigos e leitores do blog. Ele fez uma reflexão sobre nosso dia a dia, e nos mostrou que em boa parte do tempo, estamos apenas "consumindo", "fazendo download" de dados e informação gerada por outras pessoas, e nos fez pensar sobre qual a razão de nós, pós graduados, ainda não estarmos gerando conteúdo e contribuindo para um mundo melhor. A mensagem básica que ele passou, é que devemos fazer a diferença em nossa sociedade. Acho que sou sortudo por ter tido a oportunidade de concluir um curso como esse, assim como outras pessoas que também são sortudas por terem terminado seus cursos universitários, enquanto boa parte da população brasileira ou mundial, nunca terá tal oportunidade.

Façamos todos a diferença! Publique algo na wikipedia, ou em seu perfil nas redes sociais; crie um blog; incentive um vizinho, um familiar, um amigo a ler um livro, a fazer um curso, aprender um novo idioma, faça a diferença você também!



Leia mais postagens sobre: 


Pesquisas e Resultados

Mundo Corporativo

Dicas

Redes Sociais

Infográficos

Segurança da Informação




Fontes:

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário