07:00:00
0


4 entre 10 empresas estão desprotegidas contra cybercrime. É o que revelou um estudo encomendado pela B2B International  em parceira com a Kaspersky. Além desse número surpreendente, a pesquisa ainda revelou que as proprias empresas reconhecem esse risco e os apontam como um dos problemas empresariais mais importantes.
A situação não é melhor quando o assunto é o crime virtual: 48% das empresas não têm proteção eficaz contra o roubo de propriedade intelectual e 51% dos profissionais de TI pesquisados têm certeza de que sua a infraestrutura de sistemas ficaria impotente diante de uma tentativa séria de espionagem industrial.
A conscientização dos funcionários é um fator crucial na batalha contra os malwares modernos e suas possíveis consequências, segundo o estudo.

Ainda há muito a ser feito: 31% dos especialistas em TI que participaram da pesquisa não estão totalmente conscientes dos atuais cavalos de Troia, e nem sobre os meios usados para realizar ataques direcionados contra empresas.

Eu pessoalmente já ví coisas absurdas, como bloquear o uso das portas USB... e não ter nenhum tipo de proteção quando ao uso de email particular, envío de archivos em attach, etc. Mas também já ví coisas interessantes, como não permitir o uso de nenhum tipo celular, cameras, acesso a internet, usb, etc, etc... em um projeto que particiei quando fui para sede do Banco Itaú lá na Avenida do Estado.

Você leitor do Blog, já teve experiencias absurdas ou boas como essas?
Deixe seu comentário.


Leia mais postagens sobre: 

Segurança da Informação

Pesquisas e Resultados


Mundo Corporativo





Fonte:
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário