06:00:00
2

Após ver essa decisão de bloquear o Home Office no Yahoo, resolvi resgatar algumas postagens nossas sobre o Home Office.
http://info.abril.com.br/noticias/carreira/marissa-mayer-elimina-home-office-no-yahoo-25022013-34.shl

Na minha opinião, essa decisão dela será um #EPICFAIL
Ela está aparentemente tentando cortar custos fazendo com que seus profissionais que fazem Home Office façam demissão voluntário, porém se eles não o fizerem ela terá problemas de produtividade não só deles dentro do escritório, como de outros profissionais pois o escritório ficará mais cheio, o estacionamento, o transito local, e as fofocas da radio pião.
Além desses aspectos, vale lembrar também que ela recentemente trabalhou Home Office na semana antes de ter seu filho, e após o nascimento, ela contratou uma profissional para ficar com seu filho dentro do escritório.

Nessa postagem há informação suficiente, sou muito suspeito para falar de Home Office, então deixo que cada um forme sua própria opinião, desfrute.

Além dessa postagem, no final há um link para diversas outras postagens sobre Home Office.


Onde as pessoas são mais produtivas
  • 29% acha que no Home Office;
  • 37% acha que no escritório;
  • 34% acha que é igual a produtividade seja no escritório ou no Home Office.

Ao questionar os chefes sobre Home Office
  • 15% encoraja;
  • 35% tolera;
  • 50% desaprova;
Razões que motivam a desaprovação por parte dos chefes
  • 49% dos chefes alegam ser um problema não falar cara a cara;
  • 26% dizem que o foco é reduzido;
  • 22% não conseguem medir os resultados do colaborador;
  • 22% acreditam que o colaborador não trabalha.

2 comentários:

  1. Oi me chamo Carol. Trabalhei por 10 anos em casa. No começo é tudo umas mil maravilhas, mas com o tempo você e torna improdutivo. Tudo é deixado para depois, pois você acha que vai terminar depois. Como trabalho com internet li neste blog http://guedesva.blogspot.com.br/2013/02/coworking-modismo-ou-futuro.html que pude dar um “up” no meu trabalho.

    Os espaços de coworking foram a grande solução para meus problemas já que eu trabalhava em casa e começaram a aparecer alguns problemas e comecei a desviar meu foco profissional, então uma amiga me apresentou o modelo de coworking e percebi que não era tão dispendioso como um escritório convencional. Há cerca de 6 meses estou trabalhando no www.coworking-itaim.com.br e estou gostando bastante do conceito de escritório que eles oferecem.

    ResponderExcluir
  2. Que legal Carol, obrigado por sua colaboração.

    Entre diversas outras postagens que fiz aqui no blog, você vai notar que essa improdutividade é normal para quem iniciou no Home Office, é só uma questão de tempo, e por isso abortei tanto esse tema.
    Há dicas sobre como evitá-lo, preparar o ambiente, separar muito bem o horário de trabalho, a criação do ambiente, uso de cores, móveis, definição e alinhamento de objetivos do profissional e da empresa.

    O modelo de coworking é realmente muuuuuito interessante, e muito útil para pessoas que têm um ponto de coworking proximo a sua residencia ou em algum lugar de fácil acesso, pois caso contrário terá em pouco tempo os mesmos problemas que tinha no escritório porém também somados aos problemas geralmente apresentados no Home Office.

    Home Office, ou trabalho a distancia(o que inclui também o coworking) não é simplesmente "trabalhar fora do escritório", mas sim um modo de vida, um modo de trabalho.

    Nem todos conseguem estudar e-learning ou têm características auto-ditata, o Home Office é a mesma coisa, por mais que sua função te permita, pode ser que você não está preparado ou não terá condições de ter bons resultados.

    Obrigado pela participação, continue seguindo o blog.
    há muito material, e ainda haverá mais.

    Um site que eu sigo desde 2011 e que oferece bastante conteúdo sobre coworking é o http://www.movebla.com/, entre e conheça também, eles são ótimos.

    Sucesso e boa sorte.

    ResponderExcluir